Deixa o seu Comentário ou reposta

Os riscos de usar Viagra para disfunção erétil

Quando você vê os anúncios de Viagra por aí, pode parecer a solução perfeita para sua situação de disfunção erétil.

Embora isso possa certamente ser verdade, você precisa estar ciente dos riscos envolvidos em usá-lo. É por isso que você nunca deve tomá-lo sem primeiro consultar o seu médico. Eles podem fazer um exame completo e uma avaliação para determinar se o Viagra é certo para você.

É importante entender que o Viagra não aumenta sua libido

Também não cura a disfunção erétil. No entanto, pode ajudá-lo a obter e manter uma ereção quando estiver mentalmente ou fisicamente estimulado para que essa atividade ocorra. Mesmo assim, você não quer tomar Viagra se seu corpo não for saudável o suficiente para você ter relações sexuais.

Alguns indivíduos têm uma reação alérgica quando tomam Viagra

É por isso que você precisa revelar ao seu médico todos os medicamentos que usou no passado e aos quais teve tal reação. O seu médico também prescreverá a dose mais baixa de Viagra para você começar. Isso é 25 mg e a partir daí eles irão aumentar a dose até que você obtenha os resultados. Eles não aumentam a dose para mais de 100 mg.

Existem efeitos colaterais associados ao uso de Viagra

Os dois mais comuns são dores de cabeça e estômago embrulhado. Se esses efeitos colaterais não diminuírem em algumas semanas, converse com seu médico sobre isso. No entanto, existem tipos de efeitos mais graves que devem ser comunicados imediatamente.

Eles incluem visão turva, desmaio e perda de audição

Uma ereção com duração superior a quatro horas é muito séria e precisa ser tratada por um médico. Caso contrário, podem ocorrer danos permanentes ao pênis e aos nervos que conduzem a ele. Se for depois do horário, dirija-se à clínica ou hospital mais próximo que ofereça serviços de emergência.

Um homem nunca deve tomar mais Viagra do que lhe foi prescrito

Tomar uma dose mais elevada não o ajudará a obter uma ereção melhor ou a durar mais tempo. Não deve ser tomado mais de uma vez em um período de 24 horas. O não cumprimento dessas orientações pode resultar em efeitos colaterais graves, incluindo tonturas e desmaios.

Um homem nunca deve usar Viagra se usar qualquer tipo de nitrato

Este é um tipo de medicamento frequentemente prescrito para problemas cardíacos e dores no peito. A combinação dos dois pode resultar em uma queda drástica da pressão arterial. Como resultado, um homem pode sofrer um ataque cardíaco ou um derrame.

Preste muita atenção a esses riscos que estão associados ao uso de Viagra para a disfunção erétil. Se o seu médico disser que pode funcionar para você, decida se deseja dar uma chance. Preste atenção em como seu próprio corpo reage ao Viagra. Pare de tomá-lo e consulte seu médico se não estiver funcionando como deveria.

Certifique-se de saber quando tomar o Viagra e quanto tomar

Até as farmácias podem cometer erros, por isso certifique-se de que o medicamento que você compra é a dose certa. Cada comprimido terá a dose claramente marcada para sua conveniência. Se o seu médico disser que você não é um bom candidato ao Viagra, respeite isso. Não coloque sua saúde geral em risco, indo contra a recomendação deles.