counter-views
O que pode estár Causando a Disfunção Erétil do meu Marido?

O que pode estár Causando a Disfunção Erétil do meu Marido?

A disfunção erétil pode ser uma questão estranha e difícil de discutir com um parceiro. Se o seu marido está tendo problemas com a disfunção erétil, você pode estar se sentindo insegura sobre a melhor forma de apoiá-lo. 

Publicado em 4 de janeiro de 2023
Top 7 Melhores Pílulas Potenciadoras de Ereção e Comprimidos de Aumento Peniano
Top 10 Suplementos em GOTAS para Saúde Sexual de Alta Qualidade

É importante aprender sobre a condição e estar aberto à comunicação e à busca de soluções em equipe.

Como posso ajudar meu marido com disfunção erétil

Aqui estão algumas dicas sobre como ajudar seu “marido com disfunção erétil“.

1. Pesquise a disfunção erétil

Familiarizar-se com a disfunção erétil pode ser uma ótima maneira de ajudar seu marido. Educar-se sobre as diferentes causas da disfunção erétil e os possíveis tratamentos pode ajudá-lo a se sentir capacitado para fornecer suporte.

2. Fale abertamente

Tenha uma conversa franca e honesta com seu marido sobre o assunto. Mostre a ele que você está lá para ouvi-lo e apoiá-lo. Isso pode ajudar a aliviar a tensão entre vocês dois, para que vocês possam trabalhar juntos para encontrar uma solução.

3. Ofereça apoio emocional

A vergonha e a frustração associadas à disfunção erétil podem ser difíceis de enfrentar. É importante lembrar a seu marido que ele não está sozinho e proporcionar a ele um espaço seguro para conversar e desabafar sem medo de julgamento. Prestar atenção e fornecer amor e compreensão incondicionais pode ser muito benéfico.

4. Procure ajuda profissional

Embora você possa fornecer um tremendo apoio emocional, é importante encontrar um profissional que possa fornecer assistência médica e orientação. A disfunção erétil pode ter causas físicas que requerem orientação médica. Um profissional também pode ajudar com fatores psicológicos, como ansiedade e estresse.

5. Fale sobre mudanças no estilo de vida

Dieta e exercícios podem desempenhar um papel significativo na manutenção da função erétil. Incentive seu marido a avaliar quaisquer hábitos prejudiciais à saúde, como fumar, beber e usar drogas, e a fazer as mudanças necessárias para melhorar sua saúde geral.

Seu marido pode se sentir constrangido ou envergonhado por sua disfunção erétil, mas é importante lembrar que ele não está sozinho. Oferecer apoio na forma de compreensão, encorajamento e educação pode ajudar bastante. Reservar um tempo para conversar e encontrar um profissional médico pode ajudar você e seu cônjuge a encontrar um plano de tratamento adequado que funcione para vocês dois.

O que está causando a disfunção erétil do meu marido?

Existem fatores psicossociais que contribuem para a DE, como estresse no trabalho e em casa, problemas financeiros, prazos, mudanças e depressão. Existem também razões médicas, como pressão alta, colesterol alto, diabetes ou níveis baixos de hormônio da tireoide.

Outras causas incluem esclerose múltipla, obesidade, tabagismo, má alimentação, uso excessivo de álcool, sono irregular e alguns medicamentos. Se a DE for um problema que vem ocorrendo há algum tempo, é aconselhável visitar seu médico para um check-up completo.

Como se sente um homem com disfunção erétil?

Um homem com disfunção erétil pode sentir excitação emocional, mas o pênis pode ser incapaz de manter uma ereção. Isso pode levar à frustração, sentimentos de inadequação, emasculação e vergonha.

Uma pessoa pode temer ser incapaz de satisfazer as necessidades sexuais de seu parceiro. Eles também podem se sentir isolados, desconectados e lutar contra a depressão e a ansiedade devido à incapacidade de obter uma ereção. É importante lembrar que a disfunção erétil é uma condição médica que pode ser tratada, portanto, os sentimentos associados podem ser controlados.

Um casamento pode sobreviver à disfunção erétil?

Em muitos casos, a DE é tratável. Uma variedade de tratamentos eficazes pode restaurar a função sexual, melhorando assim a satisfação em um relacionamento. Um médico pode ajudar os casais a entender suas opções e, muitas vezes, incentiva os dois parceiros a comparecerem às consultas.

A pesquisa sugere que a terapia de casais pode ser útil em alguns casos para ajudar os parceiros a aprender como se comunicar e lidar com a experiência emocionalmente carregada de DE. Com o apoio e tratamento certos, alguns casais podem superar os desafios que a disfunção erétil apresenta e manter um relacionamento saudável e satisfatório.

Como você ajuda meu marido a ficar duro e ficar duro?

Os métodos a seguir podem ajudar a reduzir a disfunção erétil, aumentar a resistência e melhorar a qualidade geral do sexo:

  • Concentre-se nas preliminares
  • Experimente a técnica de começar e parar
  • Tente algo novo
  • Controle a ansiedade e o estresse
  • Pare de fumar
  • Abra a comunicação
  • Aborde problemas de relacionamento
  • Faça mais exercícios
  • Procure ajuda profissional
  • Experimente remédios à base de ervas e Tome medicamentos

Dependendo da causa da disfunção erétil, alguns desses métodos podem ser mais eficazes do que outros. Outros tratamentos também podem estar disponíveis, dependendo do indivíduo e da causa da disfunção erétil.

Se seu marido sofre de disfunção erétil (DE), pode ser difícil saber a melhor forma de ajudá-lo a lidar com esse problema delicado e condição potencialmente devastadora. Mas, embora a disfunção erétil possa ser um problema de saúde emocionalmente difícil e embaraçoso, existem maneiras de você fornecer apoio e assistência ao seu marido para lidar com a condição dele.

O primeiro passo é aceitar que a disfunção erétil é uma complicação de saúde real e comum, e não há nada para se envergonhar. Incentive seu marido a discutir sua disfunção erétil com o médico e ofereça seu apoio enquanto ele realiza os exames necessários ou considera possíveis tratamentos.

Certifique-se de criar um ambiente prático e de apoio para seu marido. Programe atividades sexuais regulares, mas não pressione seu marido a fazê-lo ou faça com que ele se sinta inadequado se não for capaz de ter relações sexuais.

Passe algum tempo juntos de outras maneiras que não envolvam sexo, como fazendo atividades que vocês gostem juntos ou simplesmente conversando sem a pressão de ter que discutir o DE dele.

Além disso, incentive seu marido a cuidar de si mesmo, tanto física quanto mentalmente. Ajude-o a fazer mudanças no estilo de vida para aumentar sua condição física e bem-estar geral, como se exercitar mais, comer de forma saudável e beber menos álcool.

Discuta as opções de saúde mental com ele, como conversar com um terapeuta, ou considere participar de sessões de terapia de casais juntos.

Se seu marido estiver tomando remédios ou outros tratamentos, certifique-se de criar um ambiente seguro onde ele possa observar seu progresso. Tome medidas para reduzir o estresse relacionado ao local de trabalho ou ao estilo de vida e incentive-o a fazer pausas e cuidar de si mesmo.

Por fim, certifique-se de reservar um tempo para apreciar e assegurar a seu marido que ele continuará sendo amado e aceito, aconteça o que acontecer. Deixe seu marido saber que você ainda o acha atraente e certifique-se de que ele saiba que não está sozinho – a DE afeta muitos homens e você está lá para ajudá-lo e apoiá-lo em cada passo do caminho.

Se seu marido está lidando com DE, é importante continuar a apoiá-lo e procurar maneiras de ajudá-lo. Aqui estão mais algumas dicas para ajudar seu marido se ele estiver lidando com disfunção erétil.

  • Converse: O primeiro passo para ajudar seu marido com DE é ter um diálogo aberto sobre a condição. Deixe-o saber que você está lá para ele e que não há problema em falar sobre isso. Ouça o que ele precisa e encoraje-o a expressar seus sentimentos.
  • Eduque-se: aprenda mais sobre DE para poder fornecer informações e apoio precisos ao seu marido. Isso ajudará vocês dois a se tornarem mais bem informados sobre a condição, levando a melhores resultados.
  • Procure ajuda profissional: Converse com seu médico ou procure um terapeuta sexual qualificado para ajudar vocês dois a lidar com a disfunção erétil. A ajuda profissional pode fornecer conselhos práticos e fornecer um espaço seguro para você falar sobre os desafios que está enfrentando.
  • Considere a medicação: Uma possível opção de tratamento que pode ser prescrita para seu marido é a medicação. Isso pode incluir medicamentos como Cialis e Viagra, bem como remédios naturais como ervas e suplementos. Certifique-se de discutir quaisquer medicamentos com seu médico para garantir que ele esteja tomando o tipo certo e a dosagem certa.
  • Incentive hábitos saudáveis: Comer de forma saudável, fazer exercícios e dormir o suficiente pode ajudar a melhorar os sintomas de disfunção erétil. Incentive seu marido a fazer essas mudanças e junte-se a ele em seus esforços. Isso pode ajudar a fortalecer seu vínculo e facilitar o enfrentamento do problema.
  • Passem tempo juntos: certifique-se de reservar momentos para relaxar, se divertir e se conectar com seu parceiro. Isso ajudará a reduzir qualquer estresse ou ansiedade que seu marido sinta sobre sua condição e ajudará no gerenciamento de DE.

Se seu marido está lidando com DE, pode ser uma experiência difícil e emocional para vocês dois. Ao falar abertamente sobre a condição, educando você e seu parceiro, buscando ajuda profissional e adotando medidas para incentivar hábitos saudáveis, você pode ajudar seu marido a lidar com a DE.