Cialis Prazer Inexprimível: Gestão para impotência Sexual

Cialis Prazer Inexprimível: Gestão para impotência Sexual

Hoje milhões de pessoas em todo o mundo são afetadas pela disfunção erétil. A saúde sexual masculina fica gravemente afetada pela impotência. 

Publicado em 19 de julho de 2022

Inúmeros relacionamentos sofrem por causa da incapacidade dos parceiros masculinos de satisfazer completamente seus parceiros e a impotência é uma das razões mais proeminentes para tal incapacidade. As consequências de um relacionamento rompido não são apenas sofridas pelo casal, mas afetam especialmente os filhos.

Obrigado aos cientistas médicos por fabricar a pílula perfeita para tratar a impotência. Agora ficou muito mais fácil tratar e curar completamente o tratamento da impotência. No entanto, a cura completa para a disfunção erétil ainda está em desenvolvimento. Muitas pílulas milagrosas estão disponíveis no mercado e estão provando ser muito eficazes na eliminação dos principais efeitos nocivos da impotência.

A pílula mais recente que cativou a imaginação da fraternidade médica em todo o mundo e pacientes que sofrem de disfunção erétil é Cialis. Os médicos acreditam firmemente que o Cialis é definitivamente uma droga que dificilmente enfrentaria qualquer concorrência no mercado de tratamento de impotência por pelo menos cinco a seis anos. Por causa de sua popularidade em boates e discotecas em Paris, também é chamado de ‘le fim de semana droga’.

Cialis não deve ser consumido sem a prescrição de um médico porque às vezes uma overdose de Cialis pode causar sérios problemas. Alguns dos resultados provaram que o Cialis funciona no corpo por até trinta e seis horas, o que acrescenta mais prazer à relação sexual.

Cialis está disponível na Internet a preços mais baratos. Existem muitos sites que oferecem descontos especiais na compra de Cialis e as pessoas nos Estados Unidos dão mais preferência a comprar pílulas como Cialis e Viagra online em vez de ir à farmácia.

As farmácias on-line não só oferecem preços baratos para o Cialis, mas também fornecem uma boa quantidade de informações sobre esta pílula maravilhosa. Então, se você tem a receita para esta pílula carismática, o prazer celestial está a apenas um clique de você.

Por que a chave para a impotência pode estar na sua cabeça

O estresse tornou-se uma consequência inevitável da vida moderna, e estamos sujeitos a quantidades crescentes diariamente. O termo estresse foi originalmente cunhado e definido por Hans Selye em 1936 como “a resposta não específica do corpo a qualquer demanda de mudança”. Isso significa que todos estamos sujeitos ao estresse, mas seus efeitos em nossos corpos diferem muito de pessoa para pessoa, em grande parte dependentes da gravidade e de como lidamos com situações estressantes.

Selye determinou que havia dois tipos de estressores, positivos e negativos. Estressores positivos, ou eustress, são situações que são percebidas como felizes ou boas, como casamentos, partos ou grandes férias em família. Estressores negativos, ou angústia, são situações que são traumatizantes ou infelizes, como a morte de um ente querido ou um acidente. Mas, seja a situação positiva ou negativa, essa taxa de desgaste a que nos submetemos acaba afetando nossos corpos, e a forma como lidamos com o estresse é importante.

O estresse tornou-se uma das principais causas de problemas de saúde. Manifesta-se em vários sintomas físicos ou psicológicos que muitas vezes são ignorados até afetar seriamente nossa saúde. O número crescente de doenças relacionadas ao estresse tem despertado alarmes em toda a comunidade médica mundial.

Uma das condições de saúde que é causada pelo estresse é a impotência sexual. Também conhecida como disfunção erétil (DE), a impotência sexual comumente afeta homens sexualmente maduros e é marcada pela incapacidade de obter e/ou manter uma ereção forte o suficiente para uma relação sexual bem-sucedida. Entre as razões para a impotência estão o tabagismo, abuso de álcool, trauma pélvico, deficiência hormonal ou condições como diabetes e doenças cardiovasculares.

A impotência psicológica é mais frequentemente causada por estresse, geralmente decorrente do trabalho, encargos financeiros, vida familiar, preocupação geral e exaustão. Também pode ser causada por depressão, doença mental, incidentes traumáticos como abuso sexual ou transtorno de estresse pós-traumático (TEPT). Para ajudar alguém que sofre de impotência sexual, é importante que o paciente seja submetido a aconselhamento para descobrir a causa oculta da qual a condição se origina. Isso pode ajudar a identificar se o motivo subjacente pode ser removido ou seu efeito reduzido por meio de tratamento adequado.

Como a estimulação mental desempenha um papel importante no sexo, tanto no prazer geral quanto na mediação dos caminhos fisiológicos da excitação, a saúde mental de uma pessoa é importante na recuperação da impotência psicológica. Isso ocorre porque o estresse resulta na produção de certos neurotransmissores no cérebro, cujo efeito dificulta a ereção e a capacidade de se sentir excitado.

Às vezes, a condição é ainda agravada pelos sentimentos de vergonha e inadequação do paciente quando os primeiros sintomas dessa condição se manifestam. Este é o momento em que eles mais precisam do amor e apoio de seus parceiros, que muitas vezes são incentivados pelos médicos a participar de sessões de aconselhamento. A impotência psicológica induzida pelo estresse é muito tratável e, na maioria das vezes, requer uma mudança no estilo de vida e nos hábitos do casal afetado. Ambos os parceiros devem aceitar de bom grado essas mudanças para garantir o bem-estar geral do paciente, bem como a segurança de seu relacionamento.

Gestão para impotência

A impotência é a falta de capacidade de ter uma ereção peniana completando satisfatoriamente a relação sexual. A ejaculação, no entanto, nem sempre é afetada. Ele diverge de irregular e mínimo para duradouro e absoluto.

Esta disfunção erétil pode ser maior ou menor. É uma grande impotência quando um homem não tem ereção ao ter relações sexuais com uma mulher, mas é potente em outras situações. Este estado incomum é mais difícil de curar. A impotência menor, por outro lado, pode ser facilmente curada. Homens com tais problemas sexuais tiveram relações sexuais potentes no passado.

A raiz da disfunção erétil pode ser fisiológica ou psicológica. A impotência fisiológica é quando a entrada e a retenção de sangue no pênis são obstruídas. A impotência psicológica é quando uma ereção falhou devido a pensamentos negativos.

Quando um homem experimenta impotência, ele e sua parceira podem ter problemas em seu relacionamento e podem desenvolver sentimentos negativos, como frustração, raiva, auto-culpa ou depressão.

A maioria dos médicos recomenda que o tratamento da impotência comece do menos para o mais persistente. Para alguns homens, seria útil mudar a maneira como vivem parando de fumar, indo à academia ou vivendo de forma saudável.

Evitar drogas com impotência como efeito colateral também deve ser considerado. Psicoterapia e mudanças comportamentais para alguns pacientes também são úteis, eles podem tomar drogas orais ou drogas injetadas localmente. Alguns podem usar dispositivos de vácuo e em situações extraordinárias, a cirurgia pode ser considerada.

A solução mais comum que os homens recorrem quando sentem impotência é tomar Viagra. Mas isso só fornece potência temporária. Há outra saída contra a impotência; é um produto natural conhecido como Virilplant que é menos caro e sem efeitos colaterais conhecidos. Outro remédio que está sendo introduzido para curar a impotência é a hipnoterapia, que ajuda os homens a superar seus sentimentos depressivos. Também ajuda na construção da confiança nos homens e tira a ansiedade de ter um bom desempenho sexual.

A impotência pode ser comum entre os homens. Afeta homens desde a adolescência até a velhice. O que importa é que os homens não percam a esperança porque esse problema poderia ser tratado. Eles apenas têm que aceitar esse problema e que isso afeta sua vida e a vida de seu parceiro. Então eles podem escolher a solução que lhes convém. As soluções recomendadas para a impotência não têm efeitos semelhantes nos homens. Eles só precisam explorar ou consultar seus médicos sobre o que poderia funcionar para eles.

Assuntos relecionados

Masculinidade é mais do que domínio no quarto

Admite. Você não está “desempenhando melhor. As noites pareciam estar mais frias do que nunca e você sente que está começando a se sentir insuficiente… incompetente como homem. Mas, em vez de se abrir, você tende a fechar a boca porque não gostaria de mais constrangimento. Se você está começando a pensar que não é mais capaz de “se apresentar e suas tentativas recentes só terminaram em fracasso – então, talvez você esteja sofrendo junto com 20 milhões de outros homens que simplesmente “não podem mais fazer isso.

A impotência sexual é um dilema físico e fisiológico atribuído aos homens que têm dificuldade em ter ou manter uma ereção durante a cópula. De acordo com um estudo, somente nos Estados Unidos, 10 milhões de homens foram diagnosticados com disfunção erétil. Extensos estudos médicos também provam que a disfunção erétil é experimentada de forma diversa pelos homens, independentemente da idade.

A pesquisa indicou que 7% a 8% dos homens com idades entre 20 e 39 anos sofrem de impotência sexual, enquanto mais da metade dos homens, 60%, sofrem dessa situação sexual quando chegam aos 70 anos. é um aumento dramático nos casos de disfunção erétil em homens com 60 anos ou mais.

De acordo com pesquisas médicas, as causas da impotência sexual são geralmente classificadas em duas: psicológicas e físicas. Causas psicológicas ou não orgânicas de impotência sexual podem começar abruptamente e podem se infiltrar gradualmente no sistema da pessoa. Grandes traumas psicológicos e outros transtornos mentais também afetam o desempenho e a potência sexual.

Os homens também experimentam ansiedade de desempenho, outra forma de transtorno de ansiedade que também afeta negativamente a intimidade sexual. Os homens têm sido tradicionalmente vistos como o parceiro sexual agressivo e, portanto, qualquer falta de agressão ou capacidade sexual é desaprovada. Espera-se que os homens obtenham e proporcionem prazer sexual todas as vezes. A incapacidade dos homens de serem “bons na cama faz com que eles tenham ansiedade de desempenho – o que os impede de funcionar adequadamente durante encontros íntimos.

Embora os fatores psicológicos constituam apenas 10% das causas da disfunção erétil, a maioria deles foi atribuída a causas orgânicas ou físicas. A ereção é um processo que envolve o fluxo sanguíneo através dos vasos venosos.

Portanto, se as artérias ou o caminho do sangue para o pênis estiverem entupidos, estreitados ou bloqueados devido a algumas complicações de saúde, um homem estaria tendo problemas de ereção. Pressão alta, taxa de colesterol alta, diabetes mellitus, ataque cardíaco e outras complicações contribuem para a destruição gradual das paredes contráteis das veias, o que dificulta a ereção. Esta condição é chamada de doença vascular periférica.

Os medicamentos e seus efeitos colaterais também afetam a ereção adequada dos órgãos reprodutores masculinos. Medicamentos usados ​​para tratar pressão alta, depressão, ansiedade, distúrbios neurológicos, doenças gastrointestinais e alergias são alguns dos medicamentos listados que podem contribuir para a disfunção erétil. Além disso, o abuso de substâncias psicoativas como álcool, tabaco e maconha pode realmente contribuir para a disfunção erétil. Isso é muito irônico, pois acredita-se que essas substâncias, quando usadas em quantidades toleráveis, produzam efeitos afrodisíacos ou sensações de aumento do sexo.

Outras complicações físicas como hormonais e nervosas, danos estruturais no pênis e doenças multissistêmicas também são causas orgânicas conhecidas de impotência sexual. Embora a impotência sexual possa representar um obstáculo para uma vida plena para os homens, vários tratamentos estão disponíveis no mercado. Estes variam de tratamentos cirúrgicos como cirurgia vascular e implantes penianos; a tratamentos não cirúrgicos, como dispositivos de vácuo e anéis de retenção, terapia hormonal e medicamentos orais ou grandes.

Você pode estar tendo o mesmo dilema com esses 20 milhões de “homens com baixo desempenho, mas não há necessidade de se envergonhar. A cortina da masculinidade nunca se fecha com a disfunção erétil. A masculinidade é muito mais do que ser o chefe no boudoir.